quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Muitos municípios no Maranhão ainda devem a folha de dezembro de 2017


Vários municípios no Maranhão não conseguiram fechar a folha de pagamento dos servidores públicos do mês de dezembro de 2017 no final do ano. 

Muitos ainda estão devendo o funcionalismo público como é o caso de Tutóia (deve 40% da Educação) e Santana do Maranhão que está efetuando o pagamento hoje (18).

Os prefeitos alegam falta de dinheiro, entretanto, no portal do Banco do Brasil se percebe o registro das entradas regulares.

Em Presidente Juscelino, o Sindicato que representa a categoria havia agendado um Ato Público para esta semana, mas o prefeito efetuou o pagamento ontem (17), talvez por receio da manifestação. 

Veja postagens na rede social de alguns municípios maranhenses:







quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Tarifa de energia deve continuar na bandeira verde até março


Central de Notícias
Resultado de imagem para tarifa da cemar
A tarifa de energia elétrica deve permanecer na bandeira verde (sem custo adicional nas contas) até o fim do primeiro trimestre deste ano, afirmou nessa terça-feira (16) o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho. Segundo o ministro, o volume de chuvas acima da média no fim do ano contribui para a permanência da tarifa.
O cenário já vinha sendo sinalizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que anunciou, no fim de dezembro, que janeiro terá  bandeira verde.

Coelho Filho disse, durante visita à Usina Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), que as as precipitações têm permitido a recuperação dos reservatórios das principais usinas do país.

“O sistema [elétrico nacional] é interligado, e a gente veio de cinco ou seis anos de chuvas abaixo da média nos maiores reservatórios, mas os resultados de novembro e dezembro e dos primeiros dias de janeiro têm sido muito animadores”, disse o ministro.

Em dezembro, vigorou a bandeira vermelha para o Patamar 1, quando são cobrados R$ 3 a cada 100 kWh.

Nos meses de outubro e novembro, vigorou a tarifa vermelha, no Patamar 2, o que implicou a cobrança adicional de R$ 5 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

A justificativa para a cobrança extra deve-se ao acionamento de usinas termelétricas que apresentam custo maior para a produção de energia. De acordo com a Aneel, com a chegada do período chuvoso, houve acréscimo no nível dos reservatórios, diminuindo a necessidade de acionamento das térmicas.

“O acionamento dessa cor indica condições favoráveis de geração hidrelétrica no Sistema Interligado Nacional. Mesmo com a bandeira verde, é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica”, disse a Aneel, em nota no fim de dezembro.

Durante a visita a Itaipu, Coelho Filho participou da inauguração oficial do Centro de Inovação em Mobilidade Elétrica (CI-MES) e da assinatura de um acordo de cooperação, entre Itaipu e Ministério do Meio Ambiente, para a implantação do Programa de Mobilidade Sustentável nos Ministérios.

A iniciativa visa atender ao compromisso assumido pelo Brasil na 21ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (COP-21), realizada em 2015, em Paris, de reduzir as emissões em 37%, para até 2025, e de 43% até 2030.

O programa será coordenado pelo de Minas e Energia e terá suporte técnico de Itaipu. Pelo menos 10 veículos elétricos da binacional serão cedidos para uso nos ministérios. Hoje, apenas o ministério conta com um modelo elétrico de Itaipu. “O meu carro oficial em Brasília é um veículo elétrico de Itaipu”, afirmou o ministro.


Prefeito morde orelha de professor que cobrou três meses de salários atrasados

Autor: Luis Silva
Publicada em 
Registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Barras na manhã deste sábado (19) o professor de educação física Paulo José da Silva, conhecido como “PJ”. Ele teve sua orelha mordida pelo prefeito municipal de Boa Hora, Zé Resende, durante festa de colação de grau da escola Cecília Coelho de Resende, realizada na noite de ontem (18/12), no Ginásio Luiz Mamede, em Boa Hora.

O professor  informou que se assustou com a mordida, pois nunca esperou uma reação desta. “Do nada, ele apareceu e mordeu minha orelha na frente dos estudantes, país dos alunos, padrinhos e convidados, só porque perguntei pelo meu pagamento que está atrasado há três meses”, conta Paulo José. O professor é funcionário da escola Cecília Coelho de Resende.

O ato tresloucado do prefeito repercutiu mal nas redes sociais. Não é a primeira vez que o prefeito reage com violência, segundo Maria Raimunda Júlio:  “Esse prefeito está viciado. Na festa de aniversário dele, deu um tapa em um rapaz e agora mordeu a orelha do pobre do PJ, meu deus!”, comenta indignada a internauta.

“E eu que pensei já ter visto de tudo no mundo. É inaceitável uma situação dessa. Onde já se viu um prefeito agir como canibal? Sinceramente, é lamentável o rumo que essa história está tomando. E tudo por causa de um salário que é direito dos professores. Que vergonha”, destaca Tuane Paulino.

Paulo José da Silva, conhecido como PJ

Paulo José da Silva, conhecido como PJ

A história pegou mal para o prefeito que não está com a popularidade muito em alta por conta dos atrasos de salários, contas reprovadas no Tribunal de Contas do Estado (TCE) repetidas vezes e a vontade de querer demitir servidores efetivos.

Débora Karine em comentário no Facebook, disse: “Lamentavelmente a atitude dessa pessoa! Espero que a população considere esse tipo de atitude sem falar na real situação da cidade, levando a resposta às urnas!”,  disparou.
Prefeito de Boa Hora, José Resende
Prefeito de Boa Hora, José Resende

Solidários, a categoria dos professores esperam que alguma medida punitiva seja aplicada contra o prefeito. Além da polícia, aguardam um posicionamento do Sindicato do Servidores Municipais.


IRREGULARES, 81 MUNICÍPIOS PODEM TER BARRADOS CONVÊNIOS PARA O CARNAVAL 2018

PORTARIA DA SECTUR OBRIGA PREFEITOS A APRESENTAR CERTIDÃO DO TCE-MA SOBRE CUMPRIMENTO DA LRF EM RELAÇÃO AOS PORTAIS DA TRANSPARÊNCIA. 

A falta de transparência na gestão da coisa pública pode deixar quase cem municípios do Maranhão sem poder firmar convênios para a realização do Carnaval 2018.

Em atendimento à recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) no que diz respeito ao repasse de transferências voluntárias e legais — com base nas informações sobre o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em relação aos portais da transparência —, o secretário estadual de Cultura e Turismo, Diego Galdino, baixou portaria em dezembro passado em que exige dos prefeitos a apresentação da certidão emitida pela Corte para a celebração de convênios para as festividades do reinado de Momo.
Segundo levantamento feito pelo ATUAL7 junto ao TCE-MA na manhã desta terça-feira 16, apenas 136 prefeitos estão cumprindo o que determina a legislação. O restante, o total de 81 gestores, permanecem na marginalidade.

Iniciado desde o último dia 27, o prazo estabelecido por Galdino para a apresentação da documentação vai somente até o próximo sábado 20.

Para que não haja comprometimento no julgamento das contas da Sectur e do próprio Governo do Maranhão, quem estiver ilegal não poderá receber os repasses do Palácio dos Leões, mesmo que apresente os outros documentos necessários para a celebração do convênio, como o ofício do deputado indicando a emenda parlamentar.

Abaixo, por ordem alfabética, a relação dos municípios que ainda estão irregulares:

Água Doce do Maranhão
Altamira do Maranhão
Alto Alegre do Pindaré
Amapá do Maranhão
Anajatuba
Araioses
Bacabal
Bacabeira
Bacuri
Bela Vista do Maranhão
Benedito Leite
Bom Jardim
Bom Jesus das Selvas
Brejo
Brejo de Areia
Buriti
Buriti Bravo
Buriticupu
Cachoeira Grande
Cajari
Capinzal do Norte
Caxias
Chapadinha
Codó
Coelho Neto
Colinas
Cururupu
Davinópolis
Dom Pedro
Estreito
Formosa da Serra Negra
Fortuna
Gonçalves Dias
Governador Eugênio Barros
Governador Luiz Rocha
Graça Aranha
Jenipapo dos Vieiras
Joselândia
Lajeado Novo
Luís Domingues
Magalhães de Almeida
Mirador
Miranda do Norte
Mirinzal
Morros
Olho d'Água das Cunhãs
Olinda Nova do Maranhão
Palmeirândia
Parnarama
Pastos Bons
Paulino Neves
Peri Mirim
Pindaré-Mirim
Pinheiro
Presidente Sarney
Presidente Vargas
Rosário
Santa Quitéria do Maranhão
Santa Rita
Santana do Maranhão
Santo Antônio dos Lopes
São Benedito do Rio Preto
São Bento
São Bernardo
São Domingos do Maranhão
São Félix de Balsas
São Francisco do Maranhão
São João do Soter
São José dos Basílios
São Mateus do Maranhão
São Pedro da Água Branca
São Roberto
Serrano do Maranhão
Tasso Fragoso
Timbiras
Tufilândia
Tuntum
Turilândia
Tutóia
Vila Nova dos Martírios
Vitorino Freire

Fonte: Atual7

Preso suspeito de matar radialista na cidade de Coelho Neto

Central de Notícias

Foi preso nessa terça-feira (16), no município de Coelho Neto, um jovem de 18 anos identificado como Gustavo de Morais, que é suspeito de ter assassinado a facadas, na madrugada da segunda-feira, o radialista conhecido por “Carlos Show”. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio consumado e segue preso na Delegacia do município.

Mais conhecido por Galego, o acusado foi preso após investigação realizada por uma equipe da Polícia Civil, que localizou imagens dele correndo logo após o fato, tendo sido confirmado por testemunhas que ele estava próximo ao local do crime, no Bairro São Francisco. No momento, o local estava com pouca movimentação.


Também foram encontradas peças de roupas manchadas de sangue na casa do acusado. Ele confirma que as roupas são dele, mas nega o envolvimento no crime. Ele afirmou ainda que apenas viu a vítima passando no local e logo em seguida caindo da moto.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Olha essa: Início de rebelião é registrada em unidade prisional de Codó

Central de Notícias
 
Nesta quinta-feira (11), por volta das 13h, teria acontecido um princípio de rebelião que envolveu detentos de dois pavilhões na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Codó. Entre as reivindicações dos presos está a melhora no fornecimento da comida, de acordo com informações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). A movimentação não resultou em feridos ou danos ao patrimônio público.
A reivindicação foi inédita e exige a melhoria no fornecimento da comida e a transferência de presos atualmente custodiados na UPR de Pinheiro para a UPR de Santa Inês.

Atualmente, a UPR de Codó conta com cerca de 130 internos.

Em nota, a Seap se manifestou explicando que o pedido de melhora da comida foi documentado e será apreciado nos próximos dias pela gestão prisional.

Apesar de não ter havido nenhum ferido ou dano ao patrimônio, a Seap informou que será aberto

Procedimento Disciplinar Interno (PDI) pela forma desordeira com que os presos usaram para chamar a atenção da direção da unidade, uma vez que os mesmos dispõem de um canal de diálogo permanente aberto com a administração carcerária.


Assassina da maranhense Braieny Alves é identificada em Florianópolis

Central de Notícias
A polícia de Santa Catarina informou que uma mulher foi identificada como suspeita de envolvimento no assassinato da maranhense Braieny Alves Soares, de 20 anos, ocorrido semana passada em Florianópolis. Ainda de acordo com a polícia, as diligências já estão em andamento.

O corpo da maranhense chegou em São Luís nessa quinta-feira (04) onde foi velado e enterrado no cemitério Jardim da Paz.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Tutoiense nato, professor de Geografia da rede municipal e particular de ensino em Tutóia e Paulino Neves, Licenciado em Geografia pela UESPI e Pós Graduado em Educação Ambiental pelo IESF, Pós Graduado em Gestão Pública Municipal, UEMA, 2016. Este blog é um blog de reportagens de acontecimentos e também de publicação de imagens (fotos). Sou um apaixonado por fotos. Nascido em 1980. Fui presidente de Associação de Moradores do povoado Bezerro (Tutóia-MA). Atualmente estou presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Tutóia, Paulino Neves e Santana do MA. Milito em ações sociais nesses municípios.