domingo, 29 de setembro de 2013

Elivaldo Ramos no SINGA: de Tutóia-MA a João Pessoa-PB


De Tutóia-MA a João Pessoa-PB foi a viagem que eu, Elivaldo Ramos e mais dois tutoienses, Maxuel Pinto e João Evangelista, fizemos para participar de um dos maiores eventos da Geografia Agrária, o SINGA, veja banner.

No caminho a paisagem é multi-diversa, a vegetação vai de seca e rala a densa e de médio e alto porte. A primeira diz respeito a caatinga nordestina e a segunda a Mata Atlântica (ou que resta dela na Zona da Mata). O solo na primeira é rochoso e o clima é árido. Na segunda em parte planície e outras áreas planálticas. Veja fotos.

Atravessamos áreas planálticas, semi desérticas, planícies, enormes canaviais e áreas de escassez hídrica, mas com gente que sobrevive como pode a essa realidade. E cortamos as multi regiões do Nordeste, desde a planície litorânea em Parnaíba-PI, ao sertão do Ceará, Paraíba e Pernambuco até a Zona da Mata em João Pessoa.

A capital João Pessoa é belíssima, considerada a cidade mais verde do Brasil (mas há quem diga que é Curitiba) e a segunda do mundo, fica atrás da França. E tem lindíssimas praias, inclusive Tambaba, a única praia naturista do Nordeste.

É uma capital emergente no Brasil. Está em obras. A verticalização começa a crescer. Na semana de 22 a 26 de setembro recebeu esse evento que contou com mais de 1500 participantes; destes 1066 apresentaram trabalho segundo o Dr. Marco Antonio Mitidiero Junior, coordenador de evento.

Nos trabalhos de campo, participei do grupo que visitou parte da obra de transposição do Rio São Francisco, uma obra faraônica, nesse trecho visitado de 112 km o recurso investido chega a quase 1 bilhão de reais.

No caminho por onde passará a obra famílias serão deslocadas, rochas serão explodidas, áreas aterradas e outras escavadas para dar lugar a maior obra de engenharia do Brasil (se chegar a ser concluída). O intrigante é que parece que as águas a serem canalizadas não irão atender a necessidade dos sertanejos que amargam a falta desse recurso, mas atenderá ao agronegócio, principalmente aos canavieiros, na Zona da Mata, uma área relativamente rica em recursos hídricos, ou pelo menos abastecida.

Dos, apenas, três tutoienses presentes eu e Maxuel apresentamos trabalho. O meu SISTEMA DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA ATRAVÉS DE POÇOS TUBULARES (SEMI ARTESINAOS) E PROXIMIDADE COM FOSSAS RESIDENCIAIS NA RUA MAGALHÃES DE ALMEIDA, BAIRRO BARRA NO MUNICÍPIO DE TUTÓIA-MA/BRASIL: UMA ANÁLISE DOS IMPACTOS AMBIENTAIS E SOCIAIS, escrito em parceria com Izabela Gonçalves e Conceição Santos. E o de Maxuel Rodrigues Pinto, em parceria com José Carlos Sousa dos Santos
OS IMPACTOS AMBIENTAIS NO RIO BOM GOSTO EM TUTÓIA – MA.

Confira as paisagens e o evento em fotos:




Na área litorânea da cidade Bairro de Tambaú, moradores de rua e usuários de crack dormem na orla

Área de montanhas,planalto da Borborema, e rios intermitentes



Mata Atlântica na UFPB e na cidade



Praia da Ponta do Seixas

Cabo Branco



Transposição do Rio São Francisco




Sertão

















Monomotor com Adriano Sarney faz pouso forçado em Guimarães

adriano_sarneyO presidente municipal do Partido Verde em São Luís, Adriano Sarney levou um grande susto durante a manhã deste domingo (29). Adriano estava num avião monomotor ao lado de sua esposa, quando precisou fazer um pouso forçado próximo a cidade de Guimarães.
De acordo com as primeiras informações, o pouso forçado teria sido ocasionado devido a uma pane do motor da aeronave. Adriano Sarney, que é filho do deputado federal Sarney Filho (PV), estava cumprindo agenda política do PV no interior maranhense.
Uma equipe do Grupamento Tático Aéreo (GTA) resgatou todos os passageiros, ninguém saiu gravemente ferido e todos passam bem, após o grande susto.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Engenheiro diz que não pode dá total segurança quanto a estrutura da escola "Almeida Galhardo"

Segundo o blog do Ariston Caldas
Durante a reunião de segunda feira com os pais de alunos, engenheiro enviado pela secretaria de educação ,confessa que não pode ser responsável pelo que foi feito no passado e não é possível assegurar aos pais total segurança aos alunos.


A reunião começou com a fala da Diretora da Escola a senhora Raquel, que na ocasião apresentou aos pais dos alunos o engenheiro Rodrigo que estava ali para prestar esclarecimento sobre a escola. 

Segundo a diretora da escola, no mês de julho ela percebeu uma rachadura na parede e que isso a deixou muito preocupada. Visto tais condições, foi providenciado um oficio e encaminhado a secretaria de educação, solicitando que viesse alguém responsável pelo setor analisar a situação da escola. Então veio uma pessoa observou e levou ao conhecimento da secretaria. Desde o dia 09 de setembro deste mês tornou enviar outro oficio.

Então, a secretaria de educação enviou uma equipe para fazer um relatório do que estava acontecendo na estrutura da escola.

Ainda segundo a diretora, O engenheiro Rodrigo observou o prédio e pediu aos pedreiros que quebrassem o rebolco para saber qual o real problema. A parede que estava com rachadura foi consertada e que não foi feito o rebolco porque não tinha dado tempo, mas que o trabalho iria continuar no próximo final de semana. Pois é assegurado pelo engenheiro que não corremos nenhum risco (Funcionários, professore e Alunos ).

O engenheiro começou falando que quando chegou neste município em 2012 à escola já havia sido construída, mas que agora ele teria que controlar os problemas que iriam supostamente aparecer. E que o problema estrutural que havia aparecido foi corrigido (estrutura superficial).

O engenheiro falou ainda que não poderia garantir o não aparecimento de outros problemas, pois a escola teria sido construída em 2009 a 2010, mas que se aparecer outras rachaduras ele estará disponível a consertá-los. E que o  risco da escola cair não existe.

E sobre o roda pé das paredes que estão com infiltração. Ele confirma que é por conseqüência de uma tubulação de água que passa por baixo da escola, e só será solucionado o problema  quando houver  o deslocamento da tubulação para outro local, e quanto as perguntas sobre algo do passado ele não poderia responder até porque nesse período não trabalhava para a prefeitura. Mas estava ali para colaborar com os pais.

Dito estas palavras, um pai se manifestou. Assim:

 -Rodrigo para haver colaboração é preciso haver clareza. Uma mãe falou aqui que já existiram outros problemas e isso é real, você falou que o único problema estrutural detectado foi esta da parede, mas em minha opinião o afundamento do piso é problema estrutural, então já houve afundamento de piso aqui na escola e não sei se você sabe da origem desse terreno. Pois a escola foi construída em cima de uma “lagoa grande”.

A coluna que estava sendo substituída é uma coluna de treliça. Então este prédio tem laje e não sabemos como foi feito a compactação do terreno.

Resposta do engenheiro:
-Nenhuma edificação é permitida usar treliça e que afundamento de piso também é problema estrutural.

Depois de muitos questionamentos o engenheiro abriu o jogo:

 Dizendo mais uma vez que ele não teria construído o prédio e por esse motivo seria impossível  garantir total segurança aos pais .Mas na verdade o que poderia ser feito seria um reforço estrutural no prédio inteiro, para que as crianças estejam em total segurança.

No decorrer da reunião tanto a diretora da escola como o Engenheiro Rodrigo, mencionaram que os pais são quem iram decidir o que iria ser feito. Mas os pais não aceitaram está condição e em resposta disseram que a responsabilidade é das autoridades, ou seja, do Prefeito e da Secretária de Educação.

O titular deste blog contestou tais condições com veemência reforçando que os responsáveis maiores são o prefeito a secretaria de Educação, e eles deveriam está presentes na reunião.

Os pais decidiram em  mandar seus filhos à escola após uma reunião com o prefeito e a Secretaria. Enquanto isso não acontecer, eles não irão permitir as crianças frequentarem um colégio que oferece riscos de desabar e causar um acidente grave.

Ficou claro que o prédio está comprometido, e o engenheiro não assumiu nenhuma responsabilidade.

A direção da Escola fez sua parte que é de levar ao conhecimento das autoridades os problemas que surgiram na estrutura da escola.
Agora a responsabilidade está nas mãos dos gestor atual o Sr. Diringa Baquil.


Maranhão: não sei o que é pior partido da esquerda ou de direita: PMDB e PT tudo igual

CRIANÇAS DO INTERIOR DO MARANHÃO ESTUDAM EM ESCOLA E TAIPA


Em cidade administrada pelo PMDB, alunos estudam em local com condições degradantes.

Estudantes da Escola Municipal Francisca Abrantes, no povoado Cachoeira, da cidade de Jatobá-MA,  estudam em um local sem qualquer estrutura física, numa construção de taipa. A denúncia sobre a situação caótica da escola foi feita pelo Blog do Josué Moura.

O município, administrado por Francisca Lima, filiada ao PMDB,  legenda da atual governadora Roseana Sarney e do pré-candidato ao governo do Estado, Luis Fernando Silva,  situada a 430km da capital já recebeu do Ministério da Educação R$ 1.289.676,0 em repasses destinados à construção de escolas. A cidade criada na década de 1990 possui um IDH Educação, de apenas 0,481, índice bem menor que a média nacional, que é de 0,637.
  
 Prefeita Consuelo Lima

A presença de construção de taipas no Maranhão, inclusive em escolas, é apontada como um exemplo dos péssimos indicadores sociais do Estado. Em 2001, durante o segundo mandato de Roseana Sarney que na época era filiada ao PFL, atual DEM, o assunto rendeu polêmica na imprensa maranhense.

Em uma entrevista ao Jornal O Imparcial, o então Secretario de Planejamento, Jorge Murad, marido da governadora, disse que morar em casa de taipa era uma questão de tradição do povo maranhense.  A redação do site Maranhão Da Gente tentou entrar em contato com a administração de Jatobá, através do contato fornecido pela FAMEM, mas não obteve êxito.

Maranhão da Gente

Tutóia de uma maneira bem simples e natural. Deu no blog do Antonio Amaral

PRATOS TÍPICOS DE TUTÓIA !

                                                 CARANGUEJO NO MOLHO
                                                     OSTRA NATURAL
                                                 CAMARÃO NO ALHO COM LIMÃO
                                            PEIXE PEDRA - TRADICIONAL CORÓ
Os nomes dos peixes são assim conhecidos na região.
TUTÓIA, ESTÁ ENTRE AS CIDADE DO MARANHÃO, MAIS PRODUTORA DOS FRUTOS DO MAR, ENTRE AS ESPÉCIES ESTÃO:  BAGRE, PEIXE PEDRA, TAINHA, PESCADA, PESCADINHA, TAMATARANA, ARRAIA, CAMURIM, ARRIBA SAIA, PILOMBETA, CABIÇUDO, ARENQUE, SERRA, CAÇÃO, MERO E OUTROS. ETC...  CAMARÃO, CARANGUEJO, OSTRA, SURURU, ESTÁ ENTRE AS COMIDAS MAIS CONSUMIDAS PELOS VISITANTES NACIONAL E INTERNACIONAL. TUTÓIA-MARANHÃO-BRASIL.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Tutóia: sessão plenária da Câmara discute CPI e estudo do caso "Almeida Galhardo"

 Vereador Zé Orlando pede explicações sobre a situação de risco de desabamento de parede na escola Almeida Galhardo.

Vereador Enilson pede criação de PROCON municipal e é provocado a uma discussão por Zé Orlando sobre CPI de 2009.

Base do governo apresenta oficio enviado ao engenheiro responsável pela obra da Escola.

Outra citação na Plenária foi a comunidade de NAJÁ, com uma escola que é uma vergonha nacional e em  Tutóia, de uma  cidade  que  recebe equivalente quase 9 milhões ao mês, e ainda  nos  deparamos  com  escolas  de  casas  de  cobertas  de  palhas e  paredes  de  barro, nas palavras de Ze Orlando.

Outras discussões na Matéria do blog: http://antonioadomaral.blogspot.com.br/2013/09/vereador-da-oposicao-realiza-leitura-do.html

Tutóia: Escola Almeida Galhardo tem aulas suspensas e Diretoria faz reunião

Em reunião realizada na ESCOLA ALMEIDA GALHARDO no início dessa semana com dezenas de pais de alunos na última, devido as últimas notícias da mencionada escola de está correndo risco de desabar uma parede e com sua estrutura física parcialmente comprometida.

Houve críticas de alguns que há ausência do Poder Público, e também, da própria Secretaria de Educação em não ter apresentado até o momento uma explicação aos pais dos alunos que ali estudam.

Há a firmação no blog do Antonio Amaral que a Sra. Secretária de Educação viajou urgente para capital São Luis objetivando pedir um estudo técnico para analisar a gravidade da situação da Escola.

Mas já informei aqui nesse blog que há um estudo sobre a escola de 2011 ou 2012 em que o Vereador Nilson fez parte dessa Comissão.

Confira matéria completa: http://antonioadomaral.blogspot.com.br/2013/09/secretaria-de-educacao-diz-populacao.html

Água Doce do Ma: Professor tutoiense Bernardo Pedro assume Secretaria de Educação do município

Bernardo Pedro assume Secretaria Municipal de Educação

O Chefe de Gabinete Antônio Zabé e o novo secretário Bernardo Pedro
Foi nomeado nesta segunda-feira, dia 23 de setembro de 2013, o novo Secretário Municipal de educação de Água Doce do Maranhão. Bernardo Pedro Fonseca Nunes, formado em Ciências Biológicas, Bacharel em Administração de Empresas e Administração Pública e Pós Graduado em Supervisão, Gestão e Planejamento, é um dos fundadores e titular da cadeira 02 da Academia de Ciências, foi professor de economia e é professor pela rede estadual de educação, vem com a árdua tarefa de alavancar a educação da cidade, dado o descaso com que a gestão municipal anterior a deixou, além de substituir o secretário, Professor Raimundo Nonato Silva Costa, que decidiu retirar-se por motivos pessoais mas que vinha realizando um notável trabalho à frente da Secretaria Municipal.

domingo, 22 de setembro de 2013

Tutóia: escola infantil Gardênia Gonçalves realiza oficina de reciclagem

Confira nas imagens








Em Tutóia Escola Almeida Galhardo, recém construída, parede ameaça desabar

A escola foi  construída em cima de uma passagem de água, um antigo córrego, na Rua Hermes da Fonseca. A estrutura desde 2012 apresenta rachaduras em algumas paredes e teve as aulas suspensas naquele ano, além de uma vistoria com uma equipe composta de Engenheiros e Vereadores da Comissão de Educação da Câmara de Tutóia. O relato foi citado pelo vereador Enilson Santos em uma sessão neste ano.

Na semana passada a escola voltou a apresentar rachaduras em uma das paredes e o Departamento de Obras da Educação fez reparos, como mostram as fotos de posts no blog do Antonio Amaral. Mas parece que o problema persiste e essas medidas são paliativas. 

As aulas foram suspensas e neste segunda deve haver reunião com pais e professores.

O blog tentou contato pelo telefone da Educação na sexta feira mas não conseguimos falar com a Secretária e tentamos também com o Prefeito mas não o encontramos.

Isso é mais um absurdo da Educação de Tutóia. É deficiência de gestão municipal. É conivência e vista grossa de alguns profissionais. E falta de atitude dos pais de alunos. Se meu filho estudasse naquela escola já teria formalizado denúncia ao Ministério Público.


Fica aqui o espaço para esclarecimentos.


Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Tutoiense nato, professor de Geografia da rede municipal e particular de ensino em Tutóia e Paulino Neves, Licenciado em Geografia pela UESPI e Pós Graduado em Educação Ambiental pelo IESF, Pós Graduado em Gestão Pública Municipal, UEMA, 2016. Este blog é um blog de reportagens de acontecimentos e também de publicação de imagens (fotos). Sou um apaixonado por fotos. Nascido em 1980. Fui presidente de Associação de Moradores do povoado Bezerro (Tutóia-MA). Atualmente estou presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Tutóia, Paulino Neves e Santana do MA. Milito em ações sociais nesses municípios.